Filipa_*Daniela_*Joana*

Thursday, November 30, 2006

I created a Slide Show! Check it out!

Tuesday, November 14, 2006

Reflexões

Ler é bom!

Ler, em geral, é uma actividade pouco apreciada pelos portugueses, principalmente pelos jovens, que consideram a leitura um acto aborrecido e sem o mínimo de interesse. Na realidade, existem, ainda, milhares de pessoas que, em toda a sua vida, nunca foram capazes de "explorar" um único livro, seja por falta de tempo, ignorância ou até mesmo por "preguiça", o que é profundamente lamentável, tendo em conta que actualmente existem géneros literários para todos os gostos e de fácil aquisição, já para não falar das inúmeras sensações e experiências que podemos obter com esta forma de lazer.
Quanto a mim, tenho apenas a dizer que não leio tanto quanto gostaria, mas quando o faço é de muito bom agrado, pois acho a leitura absolutamente indispensável.
Das algumas obras que já tive a oportunidade de ler, existem duas que me chamaram particularmente à atenção: Um Pai muito especial, de Jacquelyn Mitchard, e Queimada Viva, de Souad.
Um Pai muito especial é um romance inspirado num caso real que conta a história de Keefer Nye, uma jovem criança que, com apenas um ano de idade, perde os seus pais num acidente de automóvel e se vê fortemente disputada para adopção por vários elementos da sua restante família. Queimada Viva, é um relato impressionante, na primeira pessoa, da trágica e penosa vida de uma mulher afegã que, devido aos bárbaros costumes e tradições da sua terra, foi, durante anos, brutalmente maltratada, tendo, inclusive, sofrido uma chocante tentativa de homicídio por parte dos seus familiares por ter quebrado a principal regra da sua região: apaixonou-se antes do casamento.
Apesar de haverem ainda outros livros que igualmente me cativaram, estes são, sem dúvida, os que mais se destacam, pois contam histórias verdadeiramente apaixonantes e emocionantes, o primeiro, pelo facto de retratar situações dolorosas do quotidiano humano, nomeadamente o difícil processo de adopção, e o segundo, por narrar os dramas verídicos e, infelizmente, tão actuais vividos pela protagonista e, no fundo, por milhares de outras mulheres que partilham da mesma cultura.
Por tudo isto, e muito mais, devo dizer que adorei a viagem que estes dois livros me proporcionaram e aconselho, sinceramente, as suas respectivas leituras, pois não há nada melhor do que uma boa história para ocuparmos as horas vagas.
Joana Pinto

Tuesday, October 17, 2006

Tuesday, October 10, 2006

Musica


Mc Marcinho - Glamurosa


Glamurosa,
rainha do funk
Poderosa, olhar de diamante
Nos envolve e nos fascina, agita o salão
Balança gostoso requebrando até o chao (bis)

Se quiser falar de amor
Fale com o Marcinho
Vou te lambusar
Te encher de carinho
Em matéria de amor
Todos me conhecem bem
Vou fazer tu vibrar no meu estilo vai e vem
Minha catita doida
Vou te dar beijo na boca
Beijar teu corpo inteiro
Te deixar muito louca
Vem, vem dançar, empine se popozao
Remexe gostoso e vai descendo até o chao

Glamurosa, rainha do funk
Poderosa, olhar de diamante
Nos envolve e nos fascina, agita o salão
Balança gostoso requebrando até o chao (bis)P

retinha, moreninha, russa e loirinha
Me deixa doidinho quando dança a tremidinha
O funk do meu rio se espalho pelo Brasil
Até quem não gostava quando viu não resistiu
Mulheres saradas, lindas desnumbrantes
Corpo de sereia, olhar bem exitante
Se tu não curte o funk pode crê ta de bobeira
Bote uma beca esperta e se junte a nossa bandeira

Glamurosa, rainha do funk
Poderosa, olhar de diamante
Nos envolve e nos fascina, agita o salão
Balança gostoso requebrando até o chao (4x)